CHAVES-VERÍN-VIDAGO, DESTINO BIO-SAUDÁVEL CHAVES-VERÍN-VIDAGO, DESTINO BIO-SAUDÁVEL
A Eurocidade Chaves-Verín, AECT tem vindo a lançar, de há uns anos para cá, diversas linhas de trabalho orientadas para a promoção de um... CHAVES-VERÍN-VIDAGO, DESTINO BIO-SAUDÁVEL

A Eurocidade Chaves-Verín, AECT tem vindo a lançar, de há uns anos para cá, diversas linhas de trabalho orientadas para a promoção de um destino transfronteiriço constituído pelos municípios de Chaves e Verín: Ciclovia Chaves-Verín, rede de rotas transfronteiriças, turismo ornitológico, rota termal e da água… entre outras inúmeras iniciativas de promoção do destino, dos seus recursos endógenos e dos seus produtos.

Atualmente, está a iniciar um projeto que pretende renovar e modernizar o termalismo tradicional, relacionando-o com a alimentação e à atividade física, no destino – PROJETO CHAVES-VERÍN-VIDAGO, DESTINO BIO-SAUDÁVEL.

Para além da ingestão da água termal e do termalismo, a alimentação é uma componente fundamental do produto e, dado que falamos da atividade turística, a alimentação passa inevitavelmente pelos restaurantes. Consciente deste facto, o projeto pretende propor aos estabelecimentos de restauração do destino, um trabalho em parceria que permita destacar os valores nutricionais dos menus dos nossos restaurantes, publicitando os estabelecimentos cujos menus contenham um maior número de produtos e pratos saudáveis.

Com este propósito vai realizar-se no próximo dia 4 de julho pelas 15.00 horas no auditório das Termas de Chaves, uma reunião informativa sobre este projeto, bem como um Workshop Informativo e de atualização de conhecimentos sobre os alérgenos nos restaurantes da Eurocidade Chaves – Verín. 

A Eurocidade Chaves-Verín, AECT, coloca assim à disposição dos restaurantes da Eurocidade, um workshop prático para a atualização de conhecimentos sobre substâncias alérgenas nas suas ementas, que permitirá que no final, cada restaurante tenha devidamente atualizada a sua ementa conforme al Decreto-lei nº 26/2016 de 9 de junho.

Aconselhamos os restaurante interessados, a levar para o workshop uma cópia do seu menu e fazerem-se acompanhar de um responsável com conhecimento dos ingredientes de todos os pratos do menu. Recordamos que um dos erros mais comuns na publicação de alérgenos nas ementas é a cópia de outras ementas, onde constam unicamente os ingredientes principais de cada prato, sem prestar atenção aos ingredientes secundários, acompanhamentos e molhos, que é onde normalmente existem mais riscos.

Por tanto, com o objetivo de garantir o rigor científico do workshop, e que os restaurantes participantes tenham uma maior garantia legal e de qualidade, este será lecionado pelo Dr. Filipe Ferreira, nutricionista no Chaves Termas & Spa.

No fim dos trabalhos, os participantes receberão um certificado que comprova a sua participação e uma pen drive com ícones dos alérgenos em distintos formatos para serem adicionados às suas ementas.

Não perca esta oportunidade! A participação é gratuita!